Sobre o DPVAT: O que é e como funciona o Seguro Obrigatório

Criado em 1974, o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT), como o nome mesmo diz, tem o objetivo de indenizar vítimas de acidentes que são causados por veículos automotores terrestres. Ele é obrigatório e deve ser pago anualmente juntamente com a primeira parcela do IPVA, ou na Cota Única.

Quando o contribuinte realiza o pagamento, garante o pagamento de indenizações às vítimas de acidentes mesmo os responsáveis por estes não arquem com essa responsabilidade.

É inegável a importância desse seguro, principalmente em momentos tão delicados quanto em acidentes. Quem reside no estado do Rio de Janeiro, deve focar atento às informações que serão divulgadas aqui, a respeito dos benefícios, valores e pagamentos do DPVAT RJ.

Como consultar o Seguro

A validade do seguro DPVAT cobre acidentes acontecidos entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de cada ano, ainda que o pagamento não seja efetuado no primeiro dia útil do ano. Para obter mais informações sobre como proceder em um acidente acerca do seguro DPVAT RJ é essencial que o contribuinte acesse o site oficial do DETRAN. Através do portal será possível obter todas as informações sobre o DPVAT.

Caso queira ver a situação do seu DPVAT você deverá realizar uma consulta online que é totalmente gratuita. A consulta DPVAT tem um papel importante para o contribuinte que ainda não fez a regularização e também para aqueles eu fizeram e desejam confirmar se deu tudo certo.

O procedimento de consulta é simples, confira abaixo:

  • Entre no site dpvatsegurodotransito.com.br;
  • Selecione a aba “Por Placa”, “Por Renavam” ou “Por Chassi”;
  • Preencha com a placa, Renavam ou Chassi, e selecione o estado onde o veículo foi emplacado;
  • Escolha o ano de exercício;
  • Digite o código de verificação e clique em pesquisar.

Valor

Para ter acesso ao valor que deverá ser pago do DPVAT, o contribuinte deve continuar no site oficial do DPVAT Seguro do Trânsito. Neste site será apresentado uma página com os valores exatos de cada categoria automotiva onde o contribuinte deverá ficar atento e visualizar o valor correto para efetuar o pagamento.

Na tabela acima você pode conferir o valor do seguro DPVAT, veja onde seu veículo se enquadra para que você possa efetuar seu pagamento sem dúvidas. Para isso a tabela é dividida, veja abaixo:

  • Tipo de Veículo;
  • Categoria;
  • Opção de Pagamento;

Valor a Pagar em Reais.

Pagamento DPVAT

O pagamento DPVAT pode ser efetuado após o contribuinte acessar o site DPVAT Seguro do Trânsito e gerar a guia de pagamento sem custos, é bem simples, bastar coletar os dados do carro para fazer a emissão. Fique atento a data de vencimento para que você não perca a data e deixe de pagar seu DPVAT.

Em algumas categorias é possível parcelar o pagamento em 3x, veja quais são:

  • Ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete (urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais);
  • Micro-ônibus com cobrança de frete, mas com lotação não superior a 10 passageiros e Ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete (Urbanos, Interurbanos, Rurais e Interestaduais);
  • Motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares.

Todas as outras categorias só são possíveis efetuar o pagamento à vista, por isso, veja abaixo como emitir guia de pagamento DPVAT através do DPVAT sem nenhum custo. Após gerar, pague a guia o mais urgente possível para não haver atrasos.

Caso queira aprender a emitir a guia de pagamento, leia atentamente abaixo:

  • Entre na página a seguir para emitir a guia pagamento.dpvatsegurodotransito.com.br;
  • Repasse os dados solicitados: RENAVAM, Tipo do Documento (CPF, CNPJ), Placa, UF do Emplacamento, Exercício e E-mail (opcional);
  • Digite o código de verificação e clique em continuar.

Você poderá fazer o pagamento DPVAT através da internet pelo seu bankline ou em um dos bancos citados abaixo:

  • Banco do Brasil;
  • Bancoob;
  • Bradesco;
  • Caixa;
  • HSBC;
  • Itaú;
  • Santander;
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

RESPONDEMOS: “Não paguei o Seguro DPVAT, o que fazer?”

O DPVAT (Seguro Obrigatório) é um tributo previsto por lei, cobrado anualmente de proprietários de veículos. É preciso estar com o DPVAT em dias para que o licenciamento do seu automóvel seja realizado e você possa circular em situação regular. Se você, por acaso, passou do prazo de validade ou não pôde pagar o valor do imposto requerido, saiba o que fazer a seguir.

O DPVAT é um dos impostos obrigatórios para quem possui um automóvel. O valor do seguro servirá para pagar indenizações de vítimas de acidentes de trânsito. A cobrança do DPVAT ocorre em janeiro. No começo do ano é normal ter muitas dividas a serem pagas, então pode acontecer de você atrasar o pagamento do imposto.

Mesmo com o valor podendo ser parcelado, acaba surpreendendo financeiramente muitos brasileiros. Para pagar a dívida atrasada você deverá:

1. Acessar o site do DETRAN

Na plataforma digital, você irá preencher os campos com as informações do seu veículo e assim, terá acesso as pendências em questão, e não só o DPVAT.

2. GRD

No site, você irá gerar uma nova GRD (Guia para Regularização de Débitos) que estará atualizada e corrigida de acordo com os juros do atraso. As porcentagens de juros podem ser calculadas anteriormente, ela é equivalente a 0,33% por dia, mas no geral pode vir a variar de região para região.

3. Modo de Pagamento

Em seguida, você irá escolher o modo de pagamento viável para o seu bolso. A quitação do débito pode ocorrer de duas maneiras: pagamento integral ou parcelado, estando a segunda opção disponível a correção por conta de juros.

Se você escolher parcelar, saiba que será necessário negociar a dívida comparecendo a Secretária da Fazenda da sua região.

Efetuar o Pagamento

Para efetuar o pagamento você pode ir até uma casa lotérica, agência bancária ou Secretária da Fazenda. Lembrando que no caso do pagamento parcelado, você precisará ir até a Secretária da Fazenda e você deverá estar com o documento do veículo em mãos.

No caso de conseguir negociação, fique atento as datas de vencimento para não acabar atrasando as parcelas do boleto também.

De qualquer forma, é melhor estar preparado para o valor desse imposto. Não deixa para última hora e confira datas e valores de acordo com o seu modelo de carro. Faça a quitação do seu tributo para não correr o risco de atrasar seu pagamento, pagar juros desnecessários ou ficar em situação irregular com o DETRAN.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Como Solicitar o Seguro de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores

O Seguro DPVAT, ou, seguro por Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de via terrestre, foi criado para indenizar vítimas de acidentes de trânsito tanto causados em vias de asfalto ou vias de terra.

Ele é um seguro obrigatório, garantindo assim que todas as vítimas envolvidas em acidentes de trânsito em todo território Brasileiro sejam amparadas, sejam elas passageiros, pedestres ou motoristas.

A Seguradora Líder é a responsável pela administração do seguro DPVAT e orienta os cidadãos por meios de linhas telefônicas SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) ou através do site na internet.

Vale lembrar que a indenização pode ser solicitada por algum familiar ou pela própria vítima (caso a mesma tenha condições), para isso basta se dirigir a alguma Companhia Seguradora e apresentar todos os documentos necessários, conforme o tipo do acidente.

Se você foi vítima de acidentes ou é beneficiário de alguma vítima fatal, leia agora ao artigo abaixo e confira como dar entrada no Seguro DPVAT, quais os documentos necessários e locais onde você deve dar entrada no seguro.

Documentos necessários para dar entrada

São exigidos alguns documentos quando o interessado deseja dar entrada no Seguro DPVAT, esses documentos são encaminhados para uma análise da solicitação de indenização. Se você é uma vítima de acidentes de trânsito, confira quais são os documentos necessários:

  • Boletim de ocorrência policial, original ou a cópia do mesmo;
  • Relatório de atendimento feito pelo corpo de bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, SAMU ou outro órgão de atendimento (Se no momento do acidente não foi feito o registro policial);
  • RG ou CNH da vítima;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Boletim de atendimento médico hospitalar e se for o caso, é necessário um relatório de um dentista, se a vítima tiver lesões desse porte.

Se a solicitação do DPVAT 2020 for feita pelos beneficiários e as despesas estiverem no nome da vítima, será necessário apresentar comprovante de todas as despesas originais e com especificações do período de atendimento. Além disso, é preciso preencher uma autorização de pagamento, que pode ser encontrada direto pelo link:

Mas, se for uma terceira pessoa que pagou as despesas, é exigido apresentação, além da comprovação das despesas médicas, todos os documentos pessoais das vítimas. Caso você ainda tenho dúvidas e precise mais informações sobre documentação de vítimas específicas, confira pelo link:

Vale lembrar que todos estes procedimentos podem ser realizados através de dispositivos móveis como celulares, tablets e ipads, basta que que o usuário esteja conectado a alguma rede de internet segura.

Onde dar Entrada no Seguro

Você deve procurar os pontos de atendimentos do Seguro DPVAT em seu Estado pra saber onde dar entrada para pedir a indenização. O link direto do site do Dpvat 2020 (www.dpvatsegurodotransito.com.br/pontos-de-atendimento-autorizados.aspx) você pode encontrar todos os postos de atendimento do lugar desejado, basta clicar em cima do Estado desejado.

Nas cidades de interior, os Correios são o ponto oficial de atendimento. Nas capitais, além dos Correios você também entrar em contato com o Detran do Estado.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Quais impostos devem ser pagos para conseguir transitar com seu veículo?

Para obter o licenciamento de seu veículo e poder transitar pelas ruas da cidade sem nenhum problema, será necessário estar com os documentos em dia. E para que isso aconteça, o proprietário deverá pagar dois tributos para, depois, realizar a pagamento da taxa de licenciamento. São eles o IPVA e o DPVAT.

O pagamento destes tributos é muito importante, pois além de seu papel social, eles podem livrar os motoristas de mais dores de cabeça. Isso porque se ele se envolver num acidente e não estiver em dia com o pagamento do seguro obrigatório, os custos relacionados a vítima deverão sair de seu próprio bolso.

No artigo de hoje, abordaremos todos os pontos mais importantes a respeito do DPVAT. Não deixe de compartilhar esse artigo com amigos e familiares que também precisam aprender mais sobre o seguro. Saiba mais:

Como funciona

O DPVAT nada mais é que o seguro obrigatório que beneficia vítimas (e seus familiares) de acidentes de trânsitos. Fazer o pagamento deste tributo é essencial para todos os motoristas, e o mesmo é cobrado anualmente pelo Detran, acompanhado da primeira parcela do IPVA.

O seu objetivo é o de servir como um fundo público para arcar com os custos relacionados as vítimas de acidentes por veículos automotores de via terrestre.

Dessa maneira, se uma pessoa sofrer um acidente dentro dessas circunstâncias, será possível dar entrada no seguro. Se por algum acaso o motorista não esteja em dia com o pagamento do tributo, os custos relacionados ao pagamento do seguro DPVAT poderão sair do seu próprio bolso.

Para quem sofre o acidente, o Seguro DPVAT oferece três tipos de coberturas. Essas cobertas são disponibilizadas em três casos diferentes, como você poderá acompanhar a seguir:

Em casos de invalidez temporária ou permanente

Em casos em que o acidentado fica invalidado de trabalhar em decorrência do acidentado, ele deverá receber uma coberta de até R$ 13.500 reais dependendo da gravidade da situação.

Casos de morte

Caso a vítima vir a falecer em decorrência do acidente, o seu conjugue ou família deverá receber uma cobertura de R$ 13.500. Para dar entrada no seguro, o parente ou conjugue deverá apresentar os documentos que comprovem a relação entre as partes.

Custos Médicos

Caso seja necessário gastar dinheiro com exames e remédios, a vítima poderá dar entrada no DPVAT. Nessas situações, a vítima poderá receber uma cobertura de até R$ 2.700. O valor a ser pago vai depender da gravidade da situação.

Por isso é muito importante manter o pagamento do DPVAT em dia. Para saber como consultar o valor a ser pago, continue lendo para aprender.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

DPVAT é o tributo que garante a indenização a vítima de acidentes de trânsito

O seguro DPVAT garante direito à indenização a todas as vítimas de acidentes de trânsito que envolvem veículos automotores e que possuem circulação terrestre em via de asfalto ou também de terra, isso porque é um seguro obrigatório de obrigatoriedade civil.

É indenizado por morte e também invalidez parcial e permanente. Além disso, também reembolsa as despesas hospitalares e médias dessas pessoas.

A indenização só pode ser solicitada em casos envolvendo vítimas fatais e também invalidez parcial e permanente.

A empresa que está responsável pela administração desse seguro é a Seguradora Líder, que busca sempre orienta os cidadãos através de linhas telefônicas SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) ou através do site oficial pela internet. Além disso, também reembolsa as despesas hospitalares e médias dessas pessoas.

É essencial que todos que pagam o Seguro DPVAT tenham consciência que o mesmo não paga indenizações para bens materiais ou danos vindos de roubo, furto, colisões e incêndios que tenham envolvido veículos. Esse tipo de seguro é adquirido por demais segurados através de um corretor.

Ter o seguro DPVAT além de ser obrigatório é importante. Por isso que você não deve sair com o seu veículo pelas ruas e estradas de todo o território nacional sem o seu. Vale lembrar que a cobrança deste seguro é feita juntamente com a do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores).

Leia agora ao artigo abaixo e entenda um pouco mais sobre as pessoas que têm direito ao seguro DPVAT e informações a respeito de valores relacionados ao mesmo.

Quem tem direito ao prêmio do seguro

Em uma batida que envolve dois veículos com quatro ocupantes cada e mais três pedestres, todas as 11 pessoas serão indenizadas, por direto, e também terão direito ao reembolso, separadamente, cada vítima com suas necessidades.

É importante destacar que as vítimas tem direito ao seguro DPVAT se estiverem enquadradas em alguma das coberturas do DPVAT, que é morte, despesas médicas ou invalidez.

No caso de morte, tanto os companheiros heterossexuais quanto os homossexuais tem os mesmos direitos de receber a indenização das vítimas, isso é segurado por lei do Ministério da Fazenda, de 2004. Assegurando para todos os dependentes os mesmos direitos.

Valores pagos

Se o acidente envolve um veículo que está inadimplência com o DPVAT , apenas o proprietário do veículo que não terá direito à indenização, as demais vítimas serão indenizadas sem nenhum problema. O não pagamento do DPVAT não gera multas ou encargos, mas implica várias situações, como a obrigatoriedade de ressarcir as indenizações eventuais por parte do dono do veículo.

O valor da indenização tem variação de acordo com os tipos da cobertura da vítima. As despesas médicas e hospitalares têm cobertura de até R$ 2.700 por cada vítima. Invalidez permanente é de até R$ 13.500 e por fim, a indenização por morte é de também R$ 13.500.

O prazo para o recebimento da indenização ou de reembolso do seguro é de máximo o período de 30 dias. Mas para isso a documentação apresentada precisa está completa e correta.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Em São Paulo, trânsito mata mais que crimes violentos. Saiba como se prevenir!

Para realizar a consulta DPVAT SP a ser pago é muito simples. Todo o procedimento é realizado por meio da internet, através do site do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo – Detran SP.

Para ajudá-los nessa tarefa, elaboramos um guia muito simples de ser executado. Contudo, antes de continuarmos, será preciso ter em mãos os documentos do carro para que a consulta seja realizada com sucesso.

S11 ARQUIVO 25-10-2013 JORNAL DO CARRO Seguro DPVAT pode ser solicitado por vítimas de acidente de trânsito FOTO DIVULGAÇÃO

Tudo certo? Então continue lendo:

  • Passo 01 – Abra uma nava em seu navegador e digite o endereço a seguir na barra de endereços: www.ipva.fazenda.sp.gov.br. Espere a página abrir completamente para poder visualizar todos os elementos dá página. Esse processo leva de segundos até minutos, dependendo da velocidade de sua conexão.
  • Passo 02 –Nessa página será necessário informar o número do Renavam SP e da placa do veículo, além de inserir os caracteres correspondentes ao código de segurança que aparece na tela. Depois de inserir todas as informações corretamente, clique em consultar e vá até a próxima página.
  • Passo 03 – Agora será necessário conferir todos os débitos e pendências relacionadas ao registro do veículo consultado.

Agora chegou o momento de saber mais sobre o valor do DPVAT cobrado e a ser pago. Continue lendo para saber mais.

Valor do DPVAT SP

O seguro DPVAT SP ficou 40% mais barato no ano de 2017. E a tendência é que o valor continue o mesmo para o ano de 2020. Nesse ano, quem possui carro pagou uma taxa de R$ 68 do seguro, por exemplo.

Confira a seguir a tabela de valores do seguro DPVAT São Paulo:

No próprio site do Governo de SP citado no tópico anterior é possível saber quanto deverá ser pago. Para realizar o pagamento do DPVAT você deverá ficar atento as informações do próximo tópico.

Pagamento

DPVAT 2020 SPO próximo passo para seguir após consultar e saber o valor, será efetuar o pagamento do DPVAT 2020 São Paulo pois é bastante simples caso você não tenha a guia de pagamento em mãos, é possível imprimir no próprio site www.detran.sp.gov.br.

Depois é só ir em alguma agência bancária mais próxima e realizar o pagamento diretamente no caixa eletrônico.

Lembrando que o pagamento seguro DPVAT SP poderá ser feito juntamente com o IPVA, tendo a opção de parcelamento quando o valor é alto, se não for, o pagamento deve ser feito em cota única.

Para os veículos que são isentos do IPVA, o pagamento do DPVAT 2020 SP pode ser feito junto com o licenciamento anual.

Conclusão

Caso você tenha ficado com alguma dúvida a respeito do DPVAT SP ou qualquer outro ponto do seguro obrigatório, deixe um comentário com as suas dúvidas para que a gente possa te ajudar. Boa sorte!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Veículos com Impostos atrasados serão retidos a partir desse mês em Minas

Com as datas do IPVA definidas, o primeiro passo é saber qual o mês de vencimento estabelecido para o seu veículo. A consulta dessa informação pode ser realizada no site do Detran. É muito importante ter conhecimento sobre os prazos por que você precisa dele para poder efetuar o pagamento do Imposto em dia.

Cada estado é responsável por organizar a alíquota para cálculo do IPVA e também a tabela de recolhimento, isso significa dizer que você não terá dados padrões e que se aplicam em todo o Brasil, sempre vai variar de acordo com cada estado. O que não podemos também é escolher de consultar as informações atualizadas.

Aproveite para consultar aqui as informações sobre o IPVA Minas Gerais. É por meio delas que você vai saber como estar emitindo a guia de recolhimento para pagamento, onde consultar a tabela com os prazos de vencimento e também quais são as opções disponíveis para você pagar o imposto. Todos esses detalhes são importantes para você que tem veículo registrado nesse estado.

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores do Minas Gerais é um imposto obrigatório que precisa ser pago todos os anos.

Além disso, tem prazo definido para ser quitado, quem faz a publicação do calendário com as informações sobre os vencimentos também é o Detran MG ou a Secretaria da Fazenda. Esses dois órgãos são responsáveis pela administração desse assunto. O IPVA precisa ser pago todos os anos, porém existem veículos que são isentos do mesmo.

Depende muito das características do veículo e por isso, precisamos saber como funciona para cada região, por que não é padrão. Além de não ser padrão, as informações sofrem atualizações todos os anos e temos que saber quais são aquelas que se aplicam para o ano vigente.

Qualquer tipo de veículo entra na obrigatoriedade de pagar o imposto para o Detran mg, seja ele carro, moto, ônibus, caminhonete, entre vários outros modelos. O valor IPVA é determinado de acordo com a alíquota estabelecida para o respectivo ano e também de acordo com as características do veículo, por isso que não temos um valor único para todos os contribuintes.

Como consultar o valor do DPVAT

Para realizar a consulta do valor IPVA não tem segredo. O proprietário do veículo terá que acessar o site do Detran do estado e informar os dados precisos. A consulta é bastante simples e rápida, porém será preciso que você tenha em mão o documento do veículo.

Siga o passo a passo abaixo para você entender melhor como consultar o valor IPVA. É importante afirmar que a consulta não é cobrada, não exige horário de acesso e nem dia da semana. Como se trata de um atendimento online, o interessado tem liberdade para consultar sempre que ele precisar. Veja:

  • Passo 1 – Primeiramente entre no site do Detran de seu estado www.detran.mg.gov.br. Espere a página carregar completamente para conferir todas as informações disponíveis.
  • Passo 2 – Informe o número do RENAVAM e a placa do seu veículo. A consulta de veículos além de fornecer as características do mesmo, lhe mostrará as multas já processadas, débitos de taxas de licenciamento, IPVA e Seguro Obrigatório.
  • Passo 3 – Dentro de poucos segundos o sistema lhe encaminhará para a página, mostrando todas as informações relacionada ao veículo consultado.

Sem essas informações completadas de forma correta, não é possível consultar tabela IPVA de seu estado. O documento poderá ser impresso tanto para pagamento em cota única, como também para pagamentos parcelados.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Saiba como pagar o seu Seguro Veicular e se manter seguro no trânsito!

Existente desde 1974, o Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) tem como objetivo indenizar vítima de acidentes causados no trânsito, portanto cobre apenas danos pessoais. Ou seja, o seguro DPVAT não cobre danos materiais que o envolvido no acidente possuir, tais como perda total do veículo, colisão, roubo e até mesmo incêndio do veículo.

Como foi criado por lei, fica determinado que os veículos automotores paguem o seguro DPVAT. Esse pagamento é obrigatório, pois é o que garante as vítimas que as mesmas terão sua indenização paga. Se você é do estado de Minas Gerais, confira mais informações sobre o DPVAT.

A importância do seguro DPVAT se estende por todo o País, e em Minas Gerais não poderia ser diferente. A partir do site do Detran o mineiro obtém todas as informações sobre como requerer o seguro DPVAT MG. É rápido, fácil e simples.

As vítimas ou familiares das pessoas que sofreram algum acidente fatal envolvendo veículos automotores, devem se deslocar até uma seguradora conveniada ao DPVAT MG, portando os documentos solicitados para realizar os procedimentos e solicitar o recebimento do Seguro DPVAT.

Mas, antes de tudo é preciso consultar DPVAT em Minas Gerais, para isso, é preciso:

  • Acessar o site do Detran MG detran.mg.gov.br;
  • Selecionar a opção Seguro trânsito (DPVAT);
  • Abrirá outra página, onde deverá ser informado o número da placa do veículo segurado e o Renavam.

Em seguida, você acessará todas as informações necessárias sobre o seu seguro Dpvat.

O contribuinte pode realizar também a consulta de informações sobre DPVAT 2016 MG através de dispositivos móveis como tablets, IPads, e celulares que tenham conexão com alguma rede de internet. Para isso basta que o usuário busque no navegador do seu celular a palavra “dpvat 2016 mg” e acesse o site do Departamento Estadual de Trânsito do estado de Minas Gerais.

O site tem um ótimo sistema de navegabilidade visando sempre facilitar a vida do contribuinte que o está acessando, fazendo assim que este usuário se sinta a vontade ao consultar as informações que procura.

Como quitar as parcelas

O valor do seguro DPVAT possui variação, de acordo com o tipo de cada veículo, levando em consideração todos os detalhes do mesmo, tais como modelo, ano de fabricação, além de outras características do mesmo.

Antes de realizar o pagamento DPVAT , é preciso tirar a Guia de Pagamento Seguro DPVAT, sem custo algum e serviço rápido. Veja como:

  • Primeiramente basta acessar detran.mg.gov.br;
  • Informar o número da placa do veículo e o número do Renavam;
  • Clicar na opção Guia de Pagamento Seguro DPVAT.

É importante lembrar que a guia possui data de vencimento, e que deve ser pago na data, pois caso não feito, resultará na cobrança de juros e outros encargos.

Sobre o pagamento, o seguro DPVAT Minas Gerais poderá ser pago em até três vezes, sem nenhum juros. O pagamento também pode ser realizado pela internet e nos seguintes bancos:

  • Banco do Brasil;
  • Bancoob;
  • BMB;
  • Bradesco;
  • Caixa;
  • HSBC;
  • Itaú;
  • Santander;
  • Safra.

Telefone e Contato

Você que é morador e quer entrar em contato com o Detran do estado você deverá ligar para o 155 de qualquer aparelho telefônico fixo em qualquer dia da semana. Agora se você se encontra em outro estado e necessita comunicar-se com o Detran MG você deverá digitar (31) 3303-7995. Ou se não ir na sede do órgão de Belo Horizonte que se encontra na rua João Pinheiro, 417 – Centro – CEP 30130-180.

Agora que você já sabe todas as informações referente ao Detran Minas Gerais não deixe de acessar os sites e acessar os serviços oferecidos pelo mesmo. Economize tempo e faça um trabalho mais prático e eficiente.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Veículos com menos de 10 anos devem pagar imposto obrigatório em MG

O IPVA MG é em nosso país mais um imposto obrigatório para todos os proprietários de veículos que tenham menos de 10 anos, sendo assim o melhor é se programar para que possamos ficar em dia com o mesmo. Para que você entenda melhor as informações sobre o IPVA MG, veja a seguir os detalhes sobre a tabela, o pagamento e o valor do imposto.

Os proprietários de veículos automotores de todo o Brasil precisam estar cientes dos assuntos acerca do IPVA para que possam quitar o imposto em dia e aproveitando ainda os benefícios, por isso vamos entender o tributo.

Não há como fugir do IPVA a não ser que seu veículo tenha mais de 10 anos, sendo assim o melhor a se fazer é se organizar financeiramente para conseguir quitar em dia o seu imposto aproveitando ainda todos os benefícios que podem ser dados ao contribuinte que efetua o pagamento dentro dos prazos.

O IPVA possui uma tabela que é liberada anualmente contendo as informações sobre datas e prazos para efetuar o pagamento do imposto. Todos os anos a tabela é atualizada, assim as datas da tabela do IPVA valem para o tributo desse ano.

A tabela do imposto já foi divulgada com os prazos de pagamento, por isso fique atento ao site do Detran de Minas Gerais para ter acesso a tabela. O endereço do site do Detran MG é https://www.detran.mg.gov.br/.

O pagamento do IPVA efetuado dentro do prazo e a vista pode gerar 3% de desconto para o contribuinte, ou o mesmo pode parcelar o valor em até 3 vezes! A primeira parcela ou o pagamento integral pode ser realizado em janeiro. Para efetuar o seu pagamento vá com sua guia de pagamento do imposto ao Banco do Brasil, Banco Itaú, Banco do Bradesco, Banco Santander, Casas Lotéricas.

Caso você não tenha recebido a guia de pagamento do IPVA MG que é enviada pelo Correios basta imprimi-la no site do Detran https://www.detran.mg.gov.br/.

O valor do IPVA MG não é o mesmo cobrado para todos os contribuintes, pois esse valor pode sofrer alterações dependendo do modelo e ano do seu veículo e da alíquota do seu estado.

Muitas pessoas não conhecem o destino dado a esse imposto, então para conhecimento do contribuinte o valor do IPVA é aplicado em manutenção de rodovias, ruas e estradas do país, e uma parte de 50% do total é liberado para o município onde o veículo é licenciado.

Para que você realize consultas do seu veículo no IPVA MG basta acessar o Detran MG em https://www.detran.mg.gov.br/ e com seu CPF e número do RENAVAM acessar o portal com suas informações do imposto. Lembrando que informações atualizadas sobre o IPVA MG devem ser anunciadas no site.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Como consultar a situação do seu veículo em SP

O estado de São Paulo é o responsável por aplicar e receber o IPVA SP. Este é um imposto obrigatório que é cobrado anualmente para todos os cidadãos que possuem um veículo circulando pelas vias e rodovias do estado. Portanto, quem tem um automóvel não está isento ao pagamento do mesmo.

Todos os anos, esse imposto recai sobre carros, motos, caminhões e vários outros tipos de veículos que estão registrados em São Paulo.

A data certa para pagamento é estabelecida de acordo com o último dígito da placa do veículo, mas não se preocupe, pois o Detran organiza com antecedência para poder fazer o recebimento dos valores.

No site do Detran SP são disponibilizadas ótimas informações que o cidadão precisa saber sobre o imposto, e para informar ainda mais os motoristas paulistas, separamos no artigo abaixo ótimas dicas sobre como consultar IPVA São Paulo e como realizar o pagamento do mesmo. Confira abaixo!

O que é o IPVA?

Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA SP) é um tributo obrigatório e anual. Além disso, trata-se de um imposto estadual e que tem data fixa para ser pago. Quem não efetua o pagamento dentro do prazo acaba perdendo o desconto e ainda fica sujeito aos juros pelo atraso.

O IPVA pode ser consultado pela internet diretamente no site da Secretaria da Fazenda que é o órgão que vai recolher os valores juntamente com o Detran do respectivo estado. Se você tem algum veículo que está registrado não estará isento do imposto, portanto não deixe de estar verificando as informações sobre o seu carro ou moto.

Existem duas formas de efetuar o pagamento IPVA SP e pode ser que o estado mantenha as mesmas características para o próximo ano. Cabe ao cidadão verificar as informações atualizadas para o ano vigente. Veja elas mais abaixo.

Como consultar o valor

Para que você tem acesso à situação do seu veículo é necessário entrar no site da Secretaria da Fazenda e fazer a consulta do IPVA. Ela pode ser realizada de forma simples e rápida e sem nenhum tipo de custo. Para não ter dúvidas, deixamos as instruções abaixo para que você possa executar corretamente a consulta:

  • Passo 01 – Primeiramente acesse o site da Secretaria de Fazenda do Estado de São Paulo www.ipva.fazenda.sp.gov.br.
  • Passo 02 – Após a página carregar, o cidadão deverá informa número do Renavam, placa do veículo e código de segurança.
  • Passo 03 – Feito os dois passos acima, basta consultar todos os débitos pendentes de seu veículo.

É importante que o cidadão saiba que o sistema só consegue retornar os dados verídicos, a partir do momento em que o preenchimento das informações é feito de forma correta. Tenho muita atenção quanto a esse detalhe.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...